quarta-feira, 27 de julho de 2016

CONTROLANDO O VÍCIO DE ROER AS UNHAS - FASE V

 Olá, pessoal !
transição de unhas roídas
Diário de Unhas Roídas - Foto V 
 Devido a alguns imprevistos, não  postei fotos do estado das minhas unhas na semana passada.
Não  postei antes,mas me atualizo agora.

Para começar, não  houve imprevistos no controle do hábito de roer, finalmente a fase mais difícil foi vencida ! Agora, o esforço exigido é  mínimo, isso porque o gesto automático de levar a unha á boca, não vem acontecendo mais.



Diário de Unhas Roídas - Foto V 
Bom, o tamanho das unhas ainda estão diferentes, me recusei a diminuir as maiores pela terceira semana seguida. vou curtir o momento mais um pouco e depois faço o dever de casa. Já tô toda  orgulhosa aqui...rs .
Então acho que posso dar o controle por concluído. Obviamente que o problema de roer não desapareceu para sempre...bem que eu gostaria que fosse assim, mas sei que ele não se evapora pura e simplesmente.
De qualquer forma, agora é cuidar; fortalecendo e protegendo pra não quebrar. Essa é uma parte muito importante também, porque é terrível ver todo o esforço perdido por conta de uma unha quebrada .




Por enquanto é só isso..Até o próximo encontro!
Diário de Unhas Roídas - Foto V 

quinta-feira, 21 de julho de 2016

LIMPEZA ANTIFÚNGICA PARA UNHAS, CUTÍCULAS E PÉS

As micoses são, de longe, as maiores responsáveis pelos males das unhas.

Por isso, de tempos em tempos, as unhas das mãos e pés precisam passar por uma limpeza mais profunda.

 

Cuidados com as mãos e pés
Afinal, ninguém está totalmente livre de ser acometido por contaminações de fungos que podem se alojar nas unhas. E, para quem usa unhas postiças, tênis ou sapatos fechados, a atenção deve ser redobrada. Isso porque, onde há calor e umidade, a concentração de fungos e bactérias pode ser facilitada.

Além das micoses, que provocam deformidades e dores nas unhas, os fungos e bactérias, se fora de controle, podem causar causar também odores e outros inconvenientes nas áreas afetadas.
Existem antifungos específicos para cada infecção, e são os especialistas que devem indicar qual o mais adequado para eliminá-la. Contudo, há também várias receitas caseiras para prevenir e combater a ação dos fungos.


Prevenção contra fungos dos pés e unhas
Prevenção contra micoses 
Prevenir é sempre melhor que combater. Pensando nisso e, considerando os usos que faço do bicarbonato de sódio, estou trazendo algumas receitinhas com esse produto, para os cuidados com as mãos e pés.
Eu mesma já tive problemas com unheiros, que curei com medicação. Na época, eu não sabia que se tratava de fungos, se soubesse, teria prevenido.

Para uma limpeza mais profunda de unhas, cutículas e pés:

bicarbonato de sódio, um eficiente antifúngico
Bicarbonato de sódio no controle de fungos
Recomenda-se por as mãos ou pés de molho em uma mistura de água com bicarbonato de sódio por 5 minutos . 
As propriedades dessa solução, além de eliminar eventuais fungos que se alojem nas unhas, cutículas superfície dos pés, ainda acabam com possíveis manchas deixadas pelos esmaltes. 

Essa mistura também ajuda a deixar mãos e pés macios e relaxados . Basta mergulhá-los em uma solução de água morna e bicarbonato de sódio, deixar agir por 5 ou 10 minutos e pronto.  

Ela ainda age na esfoliação e controle de ressecamentos dos pés.   
Deixando os pés de molho por cerca de 15 minutos, em uma mistura de água com 2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio, a pele começará a amolecer.
Caso a pele esteja muito grossa, massageie os pés com uma mistura cremosa de bicarbonato e algumas gotas d'água e enxágue em seguida. 
Havendo necessidade, pode ser feita uma esfoliação com a lixa de pés ou pedra-pomes.


CUIDADOS IMPORTANTES

Cuidados na manicure
A prevenção dos males que afetam as unhas também inclui o não-compartilhamento dos matérias utilizados nas unhas.  
Se não forem adequadamente esterilizados, o material deve ser particular e precisa ser limpo regularmente. 
atenção com as lixas, elas também acumulam resíduos indesejados. 
A retirada constante de toda a cutícula, assim como os "bifes", também facilita a entrada de agentes infecciosos no organismo .

sábado, 16 de julho de 2016

CONTROLANDO O VÍCIO DE ROER AS UNHAS - FASE IV

Olá, pessoal !

Meu diário de unhas roídas se encontra na fase IV e sem unhas roídas.
Sim, sem unhas roídas !
 Meu Diário de Unhas
Como mostra a foto de hoje, ainda tenho uma unha bem curtinha, a do dedão. Esta foi a última que consegui deixar de roer, daí o tamanho reduzido dela.






Essa fase IV representa a quase finalização da parte mais difícil de controlar a roeção de unhas; que é enquanto a unha não desponta do dedo. Ao menos para mim, depois que ela cresce o suficiente para se afastar do dedo, fica muuuito mais fácil resistir ao vício de roer.
Então, a seguir como está indo, dentro de uns poucos dias já estarei dando o vício como totalmente controlado.

Embora eu não o faça na devida proporção, enquanto aguardo as atrasadinhas se desenvolverem, vou diminuindo o tamanho das mais adiantadas.
O correto seria manter todas num mesmo tamanho, mas, considerando que as maiores servem de incentivo para não roer as outras, então, até que todas atinjam um tamanho seguro, elas serão mantidas assim, com tamanhos diferentes mesmo. Tá ruim, mas tá bom rsrs.

Por enquanto é só...até o próximo encontro e um bom fim de semana a todos!
Beijosssssssss
Diário de Unhas Roídas - foto IV - 16/07




quarta-feira, 13 de julho de 2016

AS UNHAS PODEM REFLETIR SEU ESTADO DE SAÚDE

VEJA O QUE SUAS UNHAS PODEM ESTAR DIZENDO DO SEU ESTADO DE SAÚDE :

as unhas e a saúde do organismo
 As unhas exercem função mais do que estética no nosso corpo: elas existem para proteger as pontas dos dedos . E, de acordo com a dermatologista, Márcia Grieco, observando aspectos da cor, o formato e a textura das unhas, poderão ser encontrados indícios de como anda a saúde da pessoa.

Quando a unha tem formato de colher, por exemplo, bem arredondada, é um sinal de que a pessoa pode estar sofrendo de problemas cardiovasculares ou pulmonares, como asma e bronquite, que afetam a circulação.
Doenças vasculares podem atrofiar as unhas e alguns sulcos podem aparecer após uma febre ou uma virose.

Quando há falta algum tipo de vitamina no corpo, como a C, por exemplo, a produção de alguns hormônios pode ser afetada, assim como a fabricação de queratina, deixando as unhas com um aspecto diferente do saudável.
No caso da diabetes, por exemplo, as unhas crescem avermelhadas e cheias de ondulações.

VEJA AS PRINCIPAIS ALTERAÇÕES E SUAS PROVÁVEIS CAUSAS:

terça-feira, 12 de julho de 2016

UNHEIRO - PARONÍQUIA

Unheiro - inflamação que altera a formação natural da unha, fazendo com que a ela cresça de forma ondulada e mais espessa, deixando a região afetada dolorida, vermelha, quente e inchada.
O unheiro é clinicamente denominado por paroníquia, trata-se de uma infecção da pele que rodeia a unha, que pode se dar de forma de micose, quando causada por fungos, ou por infecção bacteriana.

. CAUSAS
. TRATAMENTOS
. PREVENÇÕES
. INFECÇÕES


PARONÍQUIA

CAUSAS DO UNHEIRO (PARONÍQUIA) 

Normalmente, o unheiro é causado por fungos e, mais raramente, por bactérias. Esta última é conhecida popularmente como panarício.
É uma situação frequente em mulheres com alteração da circulação dos dedos e cujo trabalho exige a introdução frequente das mãos em água.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

COMO FAZER SUAS UNHAS PARECEREM MAIORES

QUER FAZER SUAS UNHAS PARECEREM MAIOR DO QUE ELAS REALMENTE SÃO ?

Atente para detalhes como cor do esmalte, tipos de decoração e formatos das unhas, e note que eles modificam, significativamente, a nossa percepção de maior e menor. 

unha pequena

O efeito alongado funciona nas unhas mais ou menos como as roupas e maquiagens funcionam no corpo.
Dependendo do modelo, da cor e a estampa, a roupa funcionará de modos diferentes em nosso corpo; podendo alongar ou achatar e podendo fazer a silhueta parecer mais fina ou mais larga.
Com a maquiagem não é diferente, se bem aplicada, ela pode destacar aqui e suavizar ali, dando o efeito desejado.
Com as unhas acontece o mesmo. Tudo depende de como usamos; se contra ou a nosso favor .

sábado, 9 de julho de 2016

CONTROLANDO O VÍCIO DE ROER AS UNHAS - FASE III

Olá, pessoal !
unha
Diário de Unhas Roídas - Foto III - 09/07
Então, hoje, no meu diário de unhas, vou mostrar o estágio de desenvolvimento delas de um modo diferente; além de postar a foto, como sempre faço, vou postar um videozinho delas também .
O crescimento delas ainda é mínimo, mas já aparece alguma coisa, melhor que na foto II, postada anteriormente. Desde então, passaram-se 9 dias e sigo firme no propósito de ver minhas unhas grandes novamente. 
Só peço que não reparem na minha falta de jeito, é a primeira vez que gravo vídeo, e não reparem também na minha voz chatinha rsrs. 


unha
Diário de Unhas Roídas - Foto III - 09/07



Controlando o vício de roer unhas
Diário de Unhas Roídas - Foto II - 30/06

controlando o vício de roer as unhas
Diário de Unhas Roídas - Foto I - 20/06


Por hoje é só isso. Até o nosso próximo encontro e um excelente fim de semana a todos !

quarta-feira, 6 de julho de 2016

COMBATENDO O RESSECAMENTO DAS MÃOS, UNHAS E CUTÍCULAS

QUATRO PASSOS PARA DEIXAR QUALQUER RESSECAMENTO BEM LONGE DE SUAS MÃOS ! 

combatendo o ressecamento das mãos
Combatendo o ressecamento das mãos

O contato com a química dos produtos de limpeza, dos produtos usados nos cabelos, com a acetona, entre outros, é um dos principais agentes causadores do ressecamento de nossas mãos e unhas.
E sabemos que unhas ressecadas tornam-se frágeis, quebradiças, descamadas, feias e não duram muito, né ?! Então, para quem cultiva as unhas com todo carinho e cuidados, há a necessidade de tomar medidas eficazes, que protejam e hidratem as mãos.

COMBATENDO O RESSECAMENTO DAS MÃOS E UNHAS


- LUVAS 

luvas de proteção
Luvas para proteger as mãos
O melhor modo de se proteger das químicas do dia a dia e fazendo uso de luvas .
Ah, mas eu não consigo fazer nada usando luvas !!
De fato, as luvas podem atrapalhar bastante a execução de certas tarefas, mas os benefícios valem o esforço . E existem luvas dos mais diversos tipos, materiais, tamanhos e propósitos, fazendo uma forcinha, você há de se adaptar à alguma delas, principalmente para evitar as químicas mais fortes.






- ACETONA  

Proibido acetona
Embora seja muitíssimo utilizada, a acetona não é um mal necessário ! Ela pode e DEVE ser substituída por

terça-feira, 5 de julho de 2016

SALIVA CAUSA RESSECAMENTO DAS UNHAS

Não são apenas os dentes que prejudicam as unhas, a saliva também pode prejudicá-las.


unhas cutículas e dodos ressecados pela saliva
Unhas extremamente ressecadas
Quem rói as unhas costuma ter, além das próprias unhas, as cutículas e a volta dos dedos bastante ressecados.
Além de ser antiestético, esse ressecado causa desconforto, fissuras e outros males .

Se descuido do vício de roer unhas por um longo período, isso também acontece comigo. De forma que, por mais que eu hidrate as mãos, as pontas dos dedos permanecem mais ressecados que o restante delas .
A razão disso é bem simples;

Embora seja bastante óbvia essa conclusão, só recentemente me dei conta de ser minha própria saliva a causar tal ressacamento.
Afinal, a saliva possui uma acidez que, ao permanecer em contato constante com a pele, acaba corroendo-a .

Para acabar com esse ressacamento extremo não há outro remédio senão evitar o contato da saliva com os dedos.

Eis um incentivo a mais para manter a mão distante da boca!
Unhas roídas e ressecadas

UNHA ENCRAVADA - PREVENÇÃO E TRATAMENTOS

UNHA ENCRAVADA

. O QUE É
. COMO PREVENIR
. COMO TRATAR

Unha encravada




O QUE É UNHA ENCRAVADA

Unha encravada é uma inflamação dolorosa que ocorre no dedo quando a borda lateral da unha fere a pele em seu torno, enterrando-se na carne ao seu redor.
Os sintomas mais comuns são a dor e a inflamação. As causas mais prováveis são o corte de maneira incorreta da ponta das unhas e sapatos apertados. Ocorre mais comumente nas unhas dos pés mas também pode afeta as mãos.
A onicocriptose, nome clínico da unha encravada, também pode ocorrer por tropeções, queda de objetos sobre a unha .

PREVENÇÃO DA UNHA ENCRAVADA


Corte incorreto da unha
A maneira correta de cortar as unhas é aparar apenas a borda anterior da unha e jamais cortar suas bordas laterais. Se as bordas laterais forem deformadas, as irregularidades criadas pelo corte incorreto associadas à pressão do sapato, ao peso corpo e ao sentido do crescimento da unha farão com que haja lesão da pele circunvizinha. Deve-se evitar também cortar as unhas muito curtas, deixá-las retas em sua borda anterior, não tentar "arredondar" o corte em direção às bordas laterais.

Se não tratada, pode formar um granuloma piogênico, onde existe um acúmulo de pus, e a pele ao redor fica inflamada (dor, rubor, calor e edema).

TRATAMENTOS PARA A UNHA ENCRAVADA

Tratando a unha encravada

O tratamento depende da gravidade do quadro clínico.
Em casos leves a moderados, pode ser realizado um tratamento conservador, com compressas de água quente, pomadas antibióticas com cetaconazol junto de esmaltes de cores escuras (pois o mesmo ajuda a conservar o calor).Também pode ser usado fio dental ou fios de algodão sob a unha, para aliviar a pressão causada no local. Alguns recomendam a utilização de cânulas plásticas para permitir que a unha cresça no interior da cânula (método de gutter).Se o tratamento conservador de uma unha encravada menor não tiver êxito ou se a unha encravada é grave, o tratamento cirúrgico é necessário.


(Fonte da informação:wikipédia)

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Como deixar as unhas postiças mais parecidas com as naturais

 Dando toques de naturalidade às unhas artificiais



Considerando que as unhas artificiais são perfeitas, ter as unhas naturais confundidas com elas torna-se motivo de orgulho. Porém, usar unhas postiças, que denunciam toda a sua artificialidade, é tudo que a maioria das mulheres detestariam.
Unhas postiças
Geralmente, o uso de unhas postiças se dá em busca de destaque, a pessoa quer que elas se sobressaiam pela exuberância da beleza , tamanho ou decoração, porém , sem que pareçam artificiais .
Se a questão central é de transmitir a maior naturalidade possível , é importante estar bem atenta para não passar muita informação e, assim, causar estranhezas .

Para quem compra e aplica as unhas em casa, seja qual for o tipo de unha que se deseja usar, das mais baratas às mais caras, devem ser muito bem observados o tamanho, formato, tipo de decoração e a qualidade do material, pois eles influenciam diretamente no resultado final.


 O tamanho

O tamanho a ser utilizado é o primeiro ponto a ser observado. A preferência é , quase sempre, pelos tamanhos maiores, mas essa pode não ser a melhor escolha.
 Mudar do grande para o pequeno, pouco interfere na naturalidade, mas, saltar do tamanho pequeno para o grande, faz muita diferença.
Alguém que sempre as unhas curtinhas, não tem como passar naturalidade usando unhas grandes, fica muito diferente para a própria pessoa e para quem já a conhecia, então, não tem como não estranhar a diferença.  
Portanto, procure se manter dentro dos padrões dos últimos tempos e lembre-se; quanto maior, mais as unhas denunciam serem artificiais .
 O formato
Unhas pés de pato
O formato sempre deve seguir o natural da pessoa . Mesmo que tenha outros mais interessantes ou mais atuais, vale investir naquele que segue o formato original da pessoa, e não o da moda.
E o mais importante, não pode sobrar nem faltar cobertura para as unhas naturais. As postiças devem cobrir, com a maior exatidão possível, todos os cantos das unhas naturais e não devem ir além deles .  Havendo necessidade, pode-se usar a lixa para dar a adequação perfeita ao formato.
É imprescindível que cada unha seja experimentada ainda sem a cola ou antes de ser retirada a película adesiva e observado se o encaixe está perfeito.
Observe que pode ser necessário cortar a unha natural para que ela não apareça por baixo da outra . 

 A decoração
Unhas decoradas
Quanto mais decoradas as unhas, menos naturais elas podem parecer. Pedrarias e texturas podem ser muito lindas, mas, quando criam uma decoração extravagante, destoam muito do natural. Portanto, para se passar com naturalidade, o mais indicado é não exagerar na decoração, quanto mais básica, melhor.





A qualidade

Unhas postiças
A qualidade do produto a ser utilizado é importante, sempre. E, neste caso específico, a qualidade ganha importância fundamental na sua naturalidade.
Contudo que qualidade tem muito a ver preço, mesmo entre as unhas mais baratinhas, a diferença de qualidade pode variar muito. Enquanto algumas são verdadeiras porcarias, há outras que desempenham muito bem a sua função, e isso sem uma grande variação de preço. 
 A espessura do produto deve ser bem observada, pois, enquanto os muito finos podem rachar mais facilmente, os muito grossos podem fazer um volume maior que o desejado.

Observações:
. Deixar um pouco de cutícula ajuda a disfarçar o ponto em que a unha se encontra com o dedo. Evitando retirá-la por completo, você contribui com a naturalidade da aplicação.

. Toda intervenção feita nas unhas pode causar alergias e danos à saúde das mesmas. Sendo assim, observe se surgem alterações nas unhas e em torno delas.  Ao primeiro sinal de problemas, retire-as.
Tenha atenção ao prazo de validade do produto e ao período máximo de uso recomendado na embalagem.


Embora eu não seja muito de usar unhas postiças, nem seja uma profissional das unhas, recorro à elas vez ou outra. E, ainda que não possuindo grandes conhecimentos sobre o tema, sou adepta do faça você mesmo, assim, aprendo na prática do dia a dia .  E, da mesma que a experiência de outros somam-se a minha, espero estar somando também à outras pessoas como eu. 

Beijo grande e boa semana a todos que por aqui passarem.
   

sexta-feira, 1 de julho de 2016

Unha quebrada - Como evitar esse problema


 Manter as unhas grandes não é fácil. Elas crescem, ficam lindas e, mais adiante, acabam quebrando bem lá embaixo!!

. Porque isso acontece

. O que fazer para evitar 

. Tamanho ideal para as unhas

Unha lascada

Você demora para ver suas crescerem e ficarem lindas, daí , quando isso finalmente acontece, elas vão e se quebram ?!
 Fico revoltada da vida quando isso me acontece...e o pior é que sempre acontece. Basta que elas estejam bem grandes, charmosas de dar inveja, que isso acontece !

Quando consigo fazer minhas unhas se desenvolverem, costumo deixá-las crescer ao máximo, e o resultado é sempre desastroso .

As unhas de algumas pessoas parecem simplesmente que não suportam permanecer em seu tamanho máximo por muito tempo . A partir de um certo ponto, elas meio que se fragilizam e acabam quebrando .

 Porque as unhas quebram bem lá embaixo

Unha quebrada na base
Sabemos que as unhas quebram por diversas razões, entre elas, pelo uso cotidiano das mãos, que gera atrito e o desgaste natural das unhas . E, se enfraquecidas ou ressecadas, resistem bem menos a esse uso, levando à quebra das unhas por qualquer mau jeito com as mãos .
Mas , enquanto o atrito gera apenas desgastes mais lentos, as unhas maiores sofrem também por serem pressionadas ao longo de toda sua extensão.
Conforme tocamos ou pegamos algum objeto, o contato nas pontas das unhas se concentra na base delas, causando uma pressão que, com o tempo, acaba fragilizando e levando as unhas a se quebrarem bem lá embaixo.

O que fazer para evitar que isso aconteça

As unhas funcionam mais ou menos como os cabelos, sempre tem aquele ponto em que é melhor cortar um pouquinho para que se renovem mais rapidamente .

Quando o problema da quebra se dá nas pontas das unhas, a perda é parcial e a gente consegue arrumar mais facilmente. Mas quando o incidente se dá na base, é perda total !
Lógico que sempre se pode dar um jeitinho, fazendo um curativo e tal.
No entanto, se o problema se dá por estar havendo pressão excessiva devido ao tamanho das unhas, as perdas serão seguidas. Então, o modo de resolver é diminuindo essa pressão.
Pode-se mudar o jeito de tocar e apanhar as coisas, tendo mais atenção e cuidado para não fazer força com as unhas.
Mas, o melhor modo de diminuir os riscos de quebra, é não permitindo que passem do tamanho ideal.

Existe um tamanho certo para as unhas?

Unhas exuberantes
O tamanho ideal para as unhas deveria ser aquele que a pessoa deseja mantê-las, seria perfeito se fosse assim! Mas existe o tamanho desejado e o tamanho que elas suportam. E que tamanho seria esse ?!
O tamanho ideal das unhas é aquele em que elas começam a atrapalhar ou incomodar um pouco nas tarefas mais delicadas. Sabe quando você vai pegar um objeto e suas unhas o tocam antes ? Pois é, elas estão fazendo o serviço que deveria ser dos dedos, isso pode significar que o tamanho está passando do ponto. Um bom exemplo disso é a digitação. Já percebi que, depois que minha digitação começa a ficar dificultada, minhas unhas tendem a quebrar mais adiante.

Por mais que queiramos cultivar unhas imensamente exuberantes, esse pode não ser o tamanho ideal para todas as pessoas.  Portanto, além de todos os cuidados, toda manutenção que as unhas exigem e de todos os truques que usamos para mantê-las sempre bonitas e saudáveis, é bom observar o ponto em que as unhas se aproximam de um tamanho ideal e cuidar para que não ultrapassem o limite seguro para elas.

Bom, a observação de hoje é essa;  ainda que doa no coração e na alma, seja forte e não leve suas unhas além do suportável para elas. As chances de vê-las se partindo serão mínimas.







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...